sexta-feira, 20 de maio de 2011

LIÇÃO PARA A VIDA
A estrada para o SUCESSO não é uma reta! Há 
curvas chamadas fracassos. Quebra-molas chamados AMIGOS. Farois de advertências chamado FAMILIA. Pneus furados chamados desemprego. Mas se voce tiver um stepe chamado FE e um motorista chamado JESUS, voce chegará em um lugar chamado SUCESSO...     

CADASTRO DE RESERVA PARA A PREFEITURA DE BELFORD ROXO.
A prefeitura de Belford Roxo pretende abrir novo concurso com 1.200 vagas para a área de magisterio (já marcadas é claro).
Isso quer dizer que, quem não foi chamado não será mais. Adeus cadastro de reserva do último concurso. Não sei se é legal, mas já saiu no diário oficial do município. Só para P II serão 800 vagas. Quem está na espera vai ter que acionar a justiça. Foram convocados do último concurso apenas os que passaram dentro das vagas oferecidas no edital.
Quem quiser conferir pode acessar:
http://www.jornalhorah.com.br/atosoficiais.pdf
DIGA NÃO A CARTILHA GAY

Governo Vai Distribuir Cartilha Gay Em Todas As Escolas Públicas Do Brasil, Com Historinha Em Que Menino Olha Outro Mijando No Banheiro E Se Apaixona. Ao Deputado Jair Bolsonaro, com quem na maioria das vezes não concordo, sou obrigado a dar a mão à palmatória. “Se eu pegar esse livro com meu filho vou queimar e tacar a mão no professor e no diretor que quiserem impor essa pouca vergonha. Se quiserem ser homo sexual e fazer suas poucas vergonhas façam vocês nos seus puteiro. Não queiram impor isso aos outros”.
A nova cartilha do MEC faz apologia ao homo sexualismo. Satanás esta querendo aumentar o número de Homo sexuais.
Não é justo que em uma Sociedade Democrática; privarão-nos do direito, de não querer que os nossos aprendam de uma forma deturpada sobre “sexo”. Além do mais, estas pessoas consideradas “homo fóbica”, não são pessoas normais, são pessoas traumatizadas por diversos fatores, como: Familiar, financeiro, social, cultural, etc.
Há um descaso muito grande na criação de filhos, hoje; não tem havido tempo para a família os pais deveriam dar ensino de verdade, não ensino homo sexual. Mas ensino Social como: respeitar o próximo, não roubar, não matar, não adulterar, não fornicar, etc.
Fomos ensinados que o menino é HOMEM, e a menina é MULHER, que deveríamos respeitar os mais velhos, respeitar as filhas dos outros, dar acento as grávidas e aos idosos nas conduções coletivas, e muito mais, e nos tornamos um HOMEM e uma MULHER de verdade. Não saímos por ai matando seja quem for. Antes respeitamos as leis, os princípios, e queremos que permaneça assim; com uma observação:
Ao invés de dar uma cartilha gay, dê um livro preparatório para os vestibulares, para o ENEM, para concursos públicos. Vamos investir o DINHEIRO do povo, no que realmente interessa o povo: SAÚDE, EDUCAÇÃO, LAZER, TRABALHO. Não vamos deixar alguns políticos com os seus interesses pessoais façam do nosso País uma Sodôma e Gomorra.
A constituição brasileira diz: ”Todo poder emana do povo e por ele é exercido”

      Essa é minha opinião. JRicardo                    
    

quarta-feira, 18 de maio de 2011

BULLYING, UMA VIOLÊNCIA BEM PRESENTE.


Bullying, é uma forma americana de denominar violência:
na escola, na rua, no trabalho,na igreja, em casa, etc.
Essa violência esta bem presente em nossos dias, transformando as pessoas em vítimas por serem diferentes.
Precisamos ensinar as pessoas que todos nós somos diferentes, uns dos outros, e essa diferença é que nos torna especiais.






(I João 4:11) - Amados, se Deus assim nos amou, também nós devemos amar uns aos outros.

Para saber mas sobre Bullying CLIQUE AQUI.


                  JRicardo
                                                                                                                          

O ELEFANTE ACORRENTADO

  UMA GRANDE LIÇÃO
Você já observou um elefante no circo? Durante o espetáculo, o enorme animal faz demonstrações de força descomunal. Mas, antes de entrar em cena, permanece preso, quieto, contido somente por uma corrente que liga uma de suas patas a uma pequena estaca cravada no solo. A estaca é só um pequeno pedaço de madeira. E, ainda que a corrente fosse grossa, parece óbvio que ele, capaz de derrubar uma áárvore com sua própria força, poderia, com facilidade, arrancá-la do solo e fugir.
Por que o elefante não foge?
Perguntei a um amestrador e ele me explicou que o elefante não escapa porque está amestrado. Fiz então a pergunta óbvia:
 Se está amestrado, por que o prendem? Não houve resposta.
Há alguns anos descobri que, por sorte minha, alguém havia sido bastante sábio para encontrar a resposta: o elefante do circo não escapa porque foi preso à estaca ainda muito pequeno. Fechei os olhos e imaginei o pequeno recém-nascido preso; naquele momento o elefantinho puxou , forçou, tentando se soltar. E, apesar de todo seu esforço, não podia sair. A estaca era muito pesada para ele. E o elefantinho tentava, tentava e nada. Atáé que um dia, cansado, aceitou seu destino: ficar amarrado à estaca, balançando o corpo de lá para cá, eternamente, esperando a hora de entrar no picadeiro e servir de diversão para a plateia do circo.
Então, aquele elefante enorme não se solta porque acredita que não pode fazê-lo. Jamais voltou a tentar contar com sua força para libertar-se.
Será que isso tem alguma coisa a ver conosco?
Irmãos se te sente acorrentados, e não tem forças para se libertar, lembresse, que o Senhor é a nossa força,o nosso escudo e nossa fortaleza.
Os traumas, de infância, as decepções na adolescência e na maturidade não pode te segurar; pois o nosso Senhor, o nosso libertador venceu a morte para nos dar libertação.

 "Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz". (Colossenses 2:14)

                                               SEJAM LIBERTOS EM NOME DE JESUS

terça-feira, 17 de maio de 2011

DEUS TE AMA.
 Não sabes, não ouviste que o eterno Deus, o SENHOR, o Criador dos fins da terra, nem se cansa nem se fatiga? É inescrutável o seu entendimento.
 Dá força ao cansado, e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor.
 Os jovens se cansarão e se fatigarão, e os moços certamente cairão;
 Mas os que esperam no SENHOR renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão.                                                                                                                    (Isaías  40:28-31)

segunda-feira, 16 de maio de 2011

.::MOLOQUE II (O DEUS DOS SACRIFÍCIO INFANTIL.)::.

Ele era um ídolo horrendo. Às vezes, davam-lhe a aparência de um ser híbrido (meio homem, meio boi), e estendiam-lhe desmesuradamente as mãos a fim de que, nos grandes festivais e cultos, viesse a acolher pomposa e vorazmente os filhinhos de seus tolos adoradores : para serem queimados num ritual desumano e abominável.
Esculpido todo em bronze, seus sacerdotes recheavam-no de produtos inflamáveis. Em seguida, utilizando-se de uma tecnologia que vinha sendo aperfeiçoada de geração a geração, aqueciam-no até que se fizesse infernalmente rubro.
Com o deus já todo esbraseado e sob o sádico olhar de seus sa­cerdotes, vinham-lhe os adorado­res como que hipnotizados por todos os demónios para lhe ofe­recerem o que de mais precioso haviam recebido do Único e Ver­dadeiro Deus. E, agora, sob o ru­far dos tambores, colocavam seus filhinhos nas mãos enrubescidas de Moloque.
Covarde e barbaramente! As­sim eram assassinadas milhares de crianças amonitas.
Pensa você que isso ficou no passado? Infelizmente, neste exato momento, há muitos pais ofe­recendo seus filhos ao abominável Moloque. Inconscientemente, tal­vez esteja você depositando seus filhos no altar do demônio. Leia cuidadosamente esta materia, e veja em que ponto está falhando na cri­ação de seus filhos.

I. QUEM ERA MOLOQUE
Moloque era representado de diversas maneiras. Às vezes, suas mãos encontravam-se bem rentes ao chão para facilitar o acolhimen­to de suas vítimas. Noutras, acha­vam-se elas de tal forma postadas que, tão logo recebiam as oferen­das, em sua maioria crianças recém-nascidas, deixavam-nas cair numa fornalha onde eram carbo­nizadas.
1. O deus dos amonitas. Moloque era o deus dos filhos de Amom.No hebraico o seu nome significa rei. Era conhecido tam­bém como Moleque, Malcã e Milcon. Os amonitas que, como se sabe, descendiam de Bem-Ami, fi­lho de Ló (Gn 19.38), dedicavam a essa abominação todas as suas reservas morais, sociais e nacio­nais. Seus sacerdotes eram repu­tados como mais nobres do que os próprios príncipes (Jr 49.3).
2. O deus da vergonha.Era Moloque um ídolo de tal forma detestável, que os israelitas piedo­sos chamavam-no de bosete: ver­gonha e opróbrio.
3.  O deus do fogo. Assim também era conhecido, pois no fogo consumia Moloque as suas ví­timas.

II.  AS VÍTIMAS DE MOLOQUE
Diante de tanta barbárie, não podemos evitar a pergunta: Por que os amonitas ofereciam seus fi­lhos a um tão abominável ídolo? Pensavam eles estarem buscando o favor deste e a expiação de suas faltas. Imaginavam também que, por intermédio do fogo, Moloque purificava suas vítimas. Mas que pecados podia ter um recém-nascido?
Algumas religiões tribais ainda adoram seus deuses oferecendo-lhes suas crianças. Tal prática, to­davia, é condenada de forma enér­gica pela Palavra de Deus.

III.    DEUS CONDENA OCULTO DE MOLOQUE
O Único e Verdadeiro Deus ja­mais admitiu, em seu culto, o envolvimento de vítimas humanas. Não se pode tomar o caso de Isaque, ou de Jefté, como argu­mentos em favor de tais sacrifíci­os. No primeiro caso, tratava-se de uma prova, cuja finalidade era le­var Abraão a reconhecer o abso­luto senhorio de Deus sobre a sua vida (Gn 22.1-13). E no segundo, vemos a demonstração de um zelo extremado por parte de um ho­mem que, embora piedoso, não tinha um perfeito conhecimento das ordenanças divinas (Jz 11.29,31).
O Senhor não aceita vítimas humanas; sua ordem é clara e não admite dúvidas: "E da tua semen­te não darás para a fazer passar pelo fogo perante Moloque; e não profanarás o nome de teu Deus. Eu sou o Senhor" (Lv 18.21).
Mas, vindo a apostasia, homens como Salomão e Manassés desafi­aram a Deus e incensaram a Moloque. O primeiro rei, buscan­do globalizar o mundo de então, levanta um altar ao ídolo em ple­na Cidade Santa (l Rs 11.7). O se­gundo foi mais além; chegou a ofe­recer um de seus filhos à abominosa imagem (l Rs 21.6).
Através de Jeremias, o Senhor repreende duramente os filhos de Judá por causa dessa sua sangui­nária devoção: "E edificaram os altos de Baal, que estão no vale do filho de Hinom, para fazerem pas­sar seus filhos e suas filhas pelo fogo a Moloque, o que nunca lhes ordenei, nem subiu ao meu cora­ção que fizessem tal abominação, para fazerem pecar a Judá" (Jr 32.35).

IV. OS MODERNOS MOLOQUES
Se no Antigo Testamento, apre­sentava-se Moloque como aquele ídolo que, com a sua sanguinosa carranca, assustava a seus tolos adoradores, hoje mostra-se ele mais sutil. Mas não podemos en­ganar-nos; continua tão medonho quanto antes. Vejamos de que for­ma ele é apresentado em nossos dias.

1. O Moloque-aborto. Não são poucos os movimentos e ong's que, dizendo-se defensores dos di­reitos humanos, acham-se a fazer apologia do aborto. Alegam eles que a mulher tem o direito de fa­zer o que bem entende com o seu corpo, inclusive assassinar o filhinho que traz no ventre. Os tais libertários incentivam e até custei­am o assassinato de milhões de crianças todos os anos. Em nada diferem de Hitler, Stálin ou Mão Tsé-tung.
O que não sabem estes infan­ticidas é que o mandamento divi­no permanece inalterável: "Não matarás" (Êx 20.13). E se pensam que o Senhor está alheio ao seu crime, deveriam ler com vagar e temor o Salmo 139. Este cântico de Davi, conhecido como o Salmo da Mulher Grávida, descreve com que cuidado o Todo-Poderoso Deus acompanha o desenvolvimento do feto no ventre de sua mãe.
Deus julgará a todos os homi­cidas. Antigamente, os pais esperavam seus filhos nascerem para oferecê-los a Moloque. Hoje, antes mesmo que saiam eles da madre, já os oferecem ao demónio.

2.  Moloque-Televisão,
Quantas crianças não estão sendo educadas hoje pela televisão! Dei­xam-nas os pais expostas a todas as influências de uma programa­ção violenta, erótica, pervertida,ateia, blasfema e satanista.
Em muitas casas, não mais se adora a Deus; incensa-se a um Moloque eletrônico, colorido e se­dutor.
Atentemos ao mandato divino: "Instrui o menino no caminho em que deve andar, e, até quando en­velhecer, não se desviará dele" (Pv 22.6). Somente assim estaremos livrando nossos filhos das garras de Satanás.
Você tem educado seus filhos nos caminhos do Senhor? (Dt 6.6,7), Tem lido a Bíblia com eles? Tem orado com eles? E por eles tem intercedido? Ou deixa-os para serem educados por homens e mulheres destituídos da glória de Deus?
3.  Moloque-educação-carente. Quantos pais não estão a agir exatamente como Eli! Apesar de conhecerem a Palavra de Deus e as suas justas e inegociáveis rei­vindicações, não se preocupam em conduzir os filhos no caminho do bem. Veja quão execráveis eram os filhos desse sacerdote: "Eram, po­rém, os filhos de Eli filhos de Belial e não conheciam o SENHOR. Era, pois, muito grande o pecado desses jovens perante o SENHOR" (l Sm 2.12,17).
O destino desses jovens, co­nhecemo-lo todos. De tão ímpios que eram, não havia mais lugar de arrependimento em seu coração; perderam a vida e a alma.
Eduquemos nossos filhos a fim de que não tenham eles a mesma sorte. Se os instruirmos conforme recomenda a Palavra de Deus, te­remos uma família de homens e mulheres santos e piedosos e irrepreensíveis como os recabitas (Jr. 35.1-19).
CONCLUSÃO
Nestes dias tão difíceis e tra­balhosos urge que invistamos amorosa e sacrificialmente na formação de nossos filhos. Faça­mos o culto doméstico todos os dias. A devoção familiar é insubstituível. Se nossos filhos não forem piedosos na casa pa­terna, jamais serão reverentes na Casa de Deus.
Esteja vigilante! Em consequên­cia de sua letargia e irresponsabi­lidade, não são poucos os pais que se acham a sacrificar seus filhos a Moloque. Os altares e nichos e tem­plos desta abominação estão espa­lhados por toda a cidade e, não raro, em nossas casas.
Você sabe quem são os amigos de seus filhos? Conhece os lugares que eles frequentam? Eles tem ho­rário para voltar para casa? Ou você é do tipo moderninho que faz todos os caprichos de seus filhos? Cuidado! Se você não os educar,seus filhos irão para o Inferno, e grande será a sua dor.
Não perca os seus filhos nem para as drogas, nem para a prosti­tuição, nem para o homossexualis­mo, nem para a criminalidade, nem para o ateísmo, nem para as seitas que infestam nossas cidades.
Miremos no amor sacrificial de Abraão, e santifiquemos ao Senhor cada um dos filhos que Ele, bon­dosamente, nos concedeu.



Isso é o fim; policiais e bombeiros fardados em parada gay no Rio

Cabral libera policiais e bombeiros fardados em parada gay no Rio


O governador Sérgio Cabral (PMDB) lançou hoje a campanha "Rio sem Homofobia". Durante o ato, ele estimulou policiais civis e militares e bombeiros homossexuais a participar da próxima passeata gay no Estado. "Da minha parte estão todos liberados para participar. Com carro do Corpo de Bombeiros, carro da polícia. Nenhum problema. Em Nova York é assim. Em Paris eles vão uniformizados. Por quê? Porque o amor não deve ser razão para nenhum tipo de discriminação", discursou Cabral, aplaudido pela plateia que misturava autoridades, artistas e militantes gays, lésbicas, travestis e transexuais.

O governador disse ainda que a polícia "vai se reeducar" e atuar no combate à intolerância e à violência contra homossexuais. A campanha "Rio sem Homofobia", do governo do Estado, vai distribuir cartazes e veicular peças publicitárias de rádio e TV com o slogan "Discriminação - quando você não participa não vai para frente".

A senadora Marta Suplicy (PT-SP), relatora do projeto de lei que criminaliza a homofobia, também participou do lançamento da campanha. "Enquanto o Legislativo se apequenou nos últimos 16 anos, o Judiciário avançou", disse ela, citando decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que, por unanimidade, reconheceu a união civil de pessoas do mesmo sexo.

O superintendente de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos e coordenador do programa "Rio sem Homofobia", Cláudio Nascimento, disse que, apesar dos avanços no combate à discriminação, ainda é preocupante a alta incidência de ataques contra homossexuais e de assassinatos. A cantora Elza Soares e a atriz e travesti Jane Di Castro prestigiaram a festa, encerrada com distribuição de rosas e um coquetel.

MINHA OPINIÃO(JRICARDO)
Não que concordemos com a Homofobia; ninguém deve matar uma pessoa. Ainda que não aceitemos os diversos comportamentos que não procede com que cremos. Mas daí oficializar uma ação “dessa”, é querer transformar a nossa cidade em uma Sodoma e Gomorra.
Irmãos a Bíblia nos diz que: “ Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo”.( II Corintios 5:17) Não podemos nos conformar com esse mundo mas transformá-lo pela renovação do nosso entendimento,(Romanos 12.2).
Pois o deus deste século tem segado o entendimento das pessoas, e esta transformando verdade em mentira como está escrito: Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém.
Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza.
‹‹ Postagens mais recentes Postagens mais antigas ››