sexta-feira, 17 de junho de 2011

.::CEM ANOS DAS ASSEMBLÉIA DE DEUS::.

ASSEMBLÉIA DE DEUS
No início do século XX, apesar da presença de imigrantes alemães e suíços de origem protestante e do valoroso trabalho de missionários de igrejas evangélicas tradicionais, nosso país era quase que totalmente católico.  A origem das Assembléias de Deus no Brasil está no fogo do reavivamento que varreu o mundo por volta de 1900, início do século 20, especialmente na América do Norte.  Os participantes desse reavivamento ficaram cheios do Espírito Santo da mesma forma que os discípulos e os seguidores de Jesus durante a Festa Judaica do Pentecoste, no início da Igreja Primitiva (Atos 2).
Assim eles foram chamados de "pentecostais".  Exatamente como os crentes que estavam no Cenáculo, os precursores do reavivamento do século 20 falaram em línguas quando receberam o batismo no Espírito Santo. Outras manifestações sobrenaturais tais como profecia, interpretação de línguas, conversões e curas também aconteceram (Atos 2).  Quando Daniel Berg e Gunnar Vingren chegaram a Belém do Pará, em 19 de novembro de 1910, ninguém poderia imaginar que aqueles dois jovens suecos estavam para iniciar um movimento que alteraria profundamente o perfil religioso e até social do Brasil por meio da pregação de Jesus Cristo como o único e suficiente Salvador da Humanidade e a atualidade do Batismo no Espírito Santo e dos dons espirituais.
As igrejas existentes na época - Batista de Belém, Presbiteriana, Anglicana e Metodista, ficaram bastante incomodadas com a nova doutrina dos missionários, principalmente por causa de alguns irmãos que se mostravam abertos ao ensino pentecostal. A irmã Celina de Albuquerque, na madrugada do dia 18 de junho de 1911 foi a primeira crente a receber o batismo no Espírito Santo, o que não demorou a ocorrer também com outros irmãos. O clima ficou tenso naquela comunidade, pois um número cada vez maior de membros curiosos visitava a residência de Berg e Vingren, onde realizavam reuniões de oração. Resultado: eles e mais dezenove irmãos acabaram sendo expulsos da Igreja Batista. Convictos e resolvidos a se organizar, fundaram a Missão de Fé Apostólica em 18 de junho de 1911, que mais tarde, em 1918, ficou conhecida como Assembléia de Deus.
Em poucas décadas, a Assembléia de Deus, a partir de Belém do Pará, onde nasceu, começou a penetrar em todas as vilas e cidades até alcançar os grandes centros urbanos como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre.  Em virtude de seu fenomenal crescimento, os pentecostais começaram a fazer diferença no cenário religioso brasileiro. De repente, o clero católico despertou para uma possibilidade jamais imaginada: o Brasil poderia vir a tornar-se, no futuro, uma nação protestante. 

quinta-feira, 16 de junho de 2011

.::PAGAR DIVIDAS::.

DIVIDAS (Romanos 13.8-10)
Já nascemos em dividas, pois em Romanos capitulo três versículos vinte e três diz: ”Por que todos pecaram e destituído estão do reino de Deus”
  Esta é a nossa primeira divida, e essa divida para o homem é impagável. Qual o homem nascido de geração normal, ou seja: gerado por uma relação entre um homem e uma mulher, seria imaculado o suficiente para pagar o preço de sua salvação?
Sendo que todos nós nascemos já com a marca do pecado. Não amigos! Nós não conseguimos pagar essa divida, por mais que queremos, não adianta.
Há quem se auto-flagelam, chicoteando se, cortando se à navalha, ou até mesmo suicidando se, para essa purificação. O que não acontecerá; embora a Bíblia relate que “sem derramamento de sangue não há remissão de pecado” (Hb 9.22). Isso não quer dizer que temos que derramar o nosso sangue; além do mais o nosso sangue esta contaminado com o vírus de Adão (pecado)
CONSEQUÊNCIA DA DIVIDA
Dentre muitos, o mais importante é a morte eterna. ”O salário do pecado é a morte...” (Rm 6.23). Como o ser humano tem uma  essência de Deus, ou seja o fato de ser a imagem e semelhança de Deus, vive procurando uma saída. Daí as religiões.
Porém nenhuma religião apresenta um plano de salvação verdadeiro, deixando os seus seguidores perdidos, desorientados e descontrolados. Passando a aderir mais de uma religião com o intuito de na quantidade acabe acertando.
Se você esta pedido sem força para caminhar, está cansado de bater nas portas erradas, com medo do que esta acontecendo no mundo é por que a sua divida ainda não foi paga, mas será hoje. ”vinde a mim todos os cansados e sobrecarregados Eu os aliviarei” (Mt 11.28)
PAGAMENTO DA DIVIDA
Então como não podemos pagar a nossa divida, JESUS decide pagar. ”Cristo oferecendo se uma vez, para tirar o nosso pecado” (Hb 9. 28); (Jo.3.16).
É claro que para ter a sua conta paga, terá que convidar JESUS para pagar. Como?
Literalmente Dizendo: SENHOR JESUS EU QUERO SER LIBERTO DESSA DIVIDA, E SEI QUE O SENHOR PAGOU POR TODOS, INCLUA-ME NESSE PAGAMENTO E SEREI LIVRE. DESDE JÁ TE AGRADEÇO.
Agora esta paga, mas para não que não tenha mais dividas; aceite JESUS como o único e suficiente salvador e terás uma nova vida
LEIA A BIBLIA. (IICor 5.17).           
     

terça-feira, 14 de junho de 2011

.::DEPRESSÃO::.
O CASO ELIAS
Cura pela palavra de Deus para a depressão
l Reis 19. 1-18
A depressão é um estado emocional ao qual todos os seres humanos estão sujeitos. Há quem diga que o crente não fica deprimido e que tal situação reflete falta de fé, mas isso não é verdade. Podemos ficar deprimidos, e na verdade, diversas vezes ao longo de nossa vida. Alguns personagens bíblicos, como Moisés, Jeremias, Paulo e outros, experimentaram profundas depressões. Davi escreveu alguns dos seus Salmos mais belos quando estava deprimido, desanimado da vida, curtindo uma fossa. Ele desabafou: "Pois o inimigo me tem perseguido a alma, tem arrojado por terra a minha vida, tem-me feito habitar na escuridão, como aqueles que morreram há muito. Por isso, dentro de mim esmorece o meu espírito, e o coração se vê turbado. Salmos 143. 3-4.
Negar a possibilidade de que um servo de Deus entre em depressão, além de ser antibíblico, acrescenta à doença um forte senso de culpa, agravando o problema.
CAINDO NA DEPRESSÃO
Todos atravessamos momentos de desânimo e depressão. Algumas pessoas sentem-se deprimidas sem saber o porquê. Têm um bom emprego, goza de saúde, possui uma família amorosa... não tem motivo algum para reclamar da vida. E, no entanto, ela lhes parece sem brilho e sem sabor. O fato de se sentirem assim, sem encontrar razões que o justifiquem, normalmente as leva a acharem-se culpadas, ou a teorizarem sobre as causas do seu desânimo. Elas próprias não compreendem o motivo da sua instabilidade, de seus altos e baixos emocionais, e sentem-se incomodadas com isso.
Outros têm consciência de problemas, limitações e dificuldades a que
atribuem sua apatia e tristeza. Entre essas últimas se encontrava Elias, um
dos personagens bíblicos de maior estatura espiritual. Elias pensava conhecer
plenamente os motivos do seu estado de profundo abatimento.
Ele remoia tudo constantemente no seu intimo. Sentia-se perseguido, ameaçado, sozinho e atribulado. Era um lutador, mas chegara a um ponto em que as forças se esvaíram e ele perdeu a vontade de lutar. Elias fugiu, para não morrer e pediu a morte. Reclamava da solidão e preferia ficar sozinho. Achava-se fraco e não queria comer. Vemos, então, que a depressão é um quadro emocional marcado por sentimentos, por atitudes aparentemente antagônicas que resistem a uma experiência racional, tornando frustrante a investigação de suas causas.

ANALISANDO A DEPRESSÃO
Elias tinha motivos para estar deprimido, E tinha-os na ponta da língua, pronto para desfiá-los diante de Deus e de quem mais quisesse ouvir. "Tenho sido muito zeloso na causa do Senhor, em paga sou perseguido e ameaçado, sinto me sozinho e abandonado”...Se procurarmos justificativas para o nosso desânimo e tristeza, sempre as encontraremos, até de sobra. Somos muito bons nisso! 

     Deus, porém, encara as vicissitudes da vida de forma diferente. Ele as vê como mudanças de crescimento, como chances de manifestar o seu poder, de compartilhar conosco suas vitórias. As tribulações não são necessariamente algo mau. Os grandes vultos da história da humanidade tiveram de enfrentar obstáculos enormes e justamente por isso foram grandes.
SAINDO DA DEPRESSÃO
O Senhor escutou as queixas do profeta e depois falou. Deus tinha uma palavra de cura para aquele coração deprimido. Se Elias a escutasse, venceria. E ele tem uma palavra de cura para o seu coração também. O Salmista 119.28, declara: "Aminha alma, de tristeza, verte lágrimas, fortalece-me segundo a tua palavra. Antes de mais nada, Deus providenciou satisfação física para Elias, (verso 5,6). Em segundo lugar Deus providenciou para Elias satisfação ambiental ( Vs 7,8). Em terceiro lugar, o Senhor providenciou satisfação espiritual (Vs 11,12). Satisfação ocupacional (Vs 15-17). E finalmente o Senhor providenciou satisfação emocional (Vs 16-18).
Quem está deprimido, a ponto de desistir de tudo, deve antes parar e pensar. Podemos agir como o profeta, deitar-nos sob arbustos ou esconder-nos dentro de cavernas. Podemos dedicar nosso tempo a desfiares motivos de nosso desânimo e aumentar nossas feridas. Todavia o que realmente precisamos é buscar ajuda, lutar e vencer. "Elias era homem semelhante a nós, sujeito aos mesmos sentimentos". (Tiago 5.17). sujeito inclusive à depressão. Mas Deus de Elias é o mesmo Deus nosso. Ele concedeu a vitória ao profeta e também concederá a todos nós.
O Senhor não sabe o que é desistir. Ele não desistiu de você. Se confiar nele e segui-lo verá que as pedras do caminho não são obstáculos para fazê-lo cair, mas degraus para ajuda-lo a crescer.
Leia a Biblia
Salmo 139; Eclesiastes 2:1-27; Joel 2:1-13; João 21:2-3

‹‹ Postagens mais recentes Postagens mais antigas ››